SSP firma parcerias e PM ganha quase 200 especialistas

A Polícia Militar do Estado de São Paulo formou na manhã de sexta-feira (12) 199 mestres e doutores em Ciências Policiais. O evento aconteceu no auditório Ulysses Guimarães, no Palácio dos Bandeirantes. Durante a cerimônia, foram assinados 11 convênios para a Atividade Delegada, além de três reformas e ampliações de delegacias do interior. Prestigiaram a solenidade, o governador Geraldo Alckmin, o secretário da Segurança Pública e paraninfo da turma, Fernando Grella Vieira, e o Comandante Geral da PM, Cel PM Benedito Roberto Meira. Durante o evento, eles entregaram os certificados aos primeiros colocados nos cursos.

Atividade Delegada

Ainda durante o evento, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) assinou o convênio da Atividade Delegada com os municípios de Agudos, Olímpia, Cesário Lange, Sorocaba, Caraguatatuba, Votuporanga, Bady Bassit, Potirendaba, Ourinhos, Tanabi e Butirama.

Firmada primeiramente pela cidade de São Paulo em 2009, a Atividade Delegada é um convênio entre as prefeituras e a SSP, por meio do qual os Policiais Militares podem auxiliar o município no patrulhamento, em suas horas de folga. Os PMs podem trabalhar até oito horas por dia.

Além de aumentar o efetivo fardado nas ruas, a parceria contribui para a redução de indicadores criminais, como aconteceu na Capital, e aumento da sensação de segurança na população.

Recentemente, a prefeitura de São Paulo e o Governo renovaram. Agora, os PMs também auxiliam na fiscalização e prevenção de incêndios em casas noturnas, apoiam no Programa de Silêncio Urbano (PSIU) e protegem patrimônio e equipamentos municipais.

SSP

Artigos relacionados