Solidariedade – Sgt Turibio precisa de sua ajuda

No dia 17 de julho, o Sgt Wesley Carlos Turibio, de 30 anos, recebeu alta do hospital de Ermelino Matarazzo após quase seis meses internado, vítima de três projéteis de arma de fogo na região da cabeça ao impedir um assalto a caixas eletrônicos do Banco do Brasil, na Avenida Paranaguá, na Zona Leste de São Paulo. A ação ocorreu na madrugada do dia 27 de janeiro deste ano.

Seu companheiro, o soldado Diego Felipe Soares da Silva, de 28 anos, que estava na ocorrência, também foi atingido, mas faleceu no mesmo dia.

Em casa, com quadro de saúde estável, Turibio se recupera ao lado da família e amigos, mas necessita de ajuda para arcar com as despesas de seu tratamento com remédios, materiais hospitalares, profissionais multidisciplinares (fonoaudiólogo, fisioterapeuta, nutricionista etc.), de higiene entre outros.

No dia 20 de julho, o diretor do Departamento de Assistência Social da Associação dos Cabos e Soldados, Jefferson Cintra Barra, fez uma visita ao associado e à família oferecendo apoio no tratamento do Sargento.

Vamos exercer nossa solidariedade e ajudar nosso companheiro!

Repasse a informação a todos e ajude o Sgt Turibio a ter um tratamento digno e ininterrupto!

Para ajudar, efetue depósito em uma das contas bancárias:

Banco do Brasil
Ag.: 5954-4
C/C: 33518-5 (nº corrigido)
Favorecido: Wesley Carlos Turibio

Banco Bradesco
Ag.: 0423-5
C/C: 0718182-5
Favorecido: Grasielle Barbosa Turibio (irmã de Wesley)

ajuda sgt turibio
O diretor Jefferson (de branco) em visita ao Sgt Turibio, com o pai Wilson Turibio, a mãe Rita de Cássia e a irmã Grasielle

Artigos relacionados