Manifesto contra baixos salários dos PMs agita ruas de Americana

060_600

Cabo Wilson concede entrevistas a TV Local

O manifesto faz parte de uma série de protestos  realizados em todo o estado de São Paulo desde o dia 1º de outubro, um dia após  o anúncio de reajuste, feito pelo Governo do Estado, que ofereceu um aumento de  7% nos salários pagos para todas as carreiras policiais (incluindo os ativos e  os inativos). Ignorando a proposta de reajuste de 15% feita pelos representantes  da categoria, o anúncio de Alckmin reforçou a crise, já latente, o Governo do  Estado e a Polícia Militar. Pelo menos 250 pessoas  participaram na tarde de quinta-feira, 10 de outubro, do manifesto contra a política  governamental de aumento de salários oferecida à Polícia Militar pelo Governado do Estado de São Paulo. O ato organizado pelo vereador Capitão Crivelari, foi realizado no plenário da Câmara de Vereadores de Americana, e teve a participação do Presidente da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Wilson Morais, e do deputado estadual Major Olímpio Gomes, Adriana Borgo, da Associação dos  Familiares e Amigos dos Policias Militares do Estado de São Paulo, representantes do Partido Militar Brasileiro, entidades de classe  ligadas à PM e de associações da sociedade civil. Com o lema “Vem  pra rua vem…vem com a PM! Agora, em Americana!” o fortaleceu-se à medida em que passa por ruas e avenidas da cidade de Americana.

072_600

Cabo Wilson fala a imprensa de Americana

Artigos relacionados