Governador João Doria anuncia reajuste de 5% aos policiais de São Paulo

Na tarde de 30 de outubro, o governador do Estado de São Paulo, João Doria, anunciou em entrevista coletiva que os policiais de São Paulo terão 5% de reajuste salarial. O aumento é válido para os policiais da ativa e da reserva e passa a vigorar a partir de janeiro de 2020.

Leia também
> ACS DEFENDE MAIOR REAJUSTE ÀS POLÍCIAS EM MANIFESTAÇÃO
> GOVERNADOR DORIA DECEPCIONA CATEGORIA POLICIAL: 0% EM 2019 E 5% EM 2020. SERÁ QUE EM 2 ANOS DORIA VAI CONSEGUIR CUMPRIR SUA PROMESSA?
> CONVOCAÇÃO – MOSTRE SUA INSATISFAÇÃO COM OS 5% DE REAJUSTE, NO DIA 04/11, EM FRENTE AO QCG

O anúncio do reajuste veio acompanhado algumas mudanças para a área da segurança pública. De acordo com o governador, a partir de 2020 os policiais terão assistência jurídica gratuita para situações que ocorrem em serviço; o pagamento de bonificação por resultados será pago bimestralmente e agregará também as corregedorias, departamentos de inteligência, Corpo de Bombeiros, Academia da Polícia Civil e área administrativa; o auxílio alimentação será equiparado ao maior valor disponível, que pode chegar a R$ 796,00 de acordo com a carga horária do trabalhador e o adicional de insalubridade passa a ser garantido automaticamente a todos os policiais.

O índice de aumento anunciado pelo governador vem logo após ele reafirmar seu compromisso de tornar a polícia militar de São Paulo a segunda mais bem paga do país até o final de seu mandato, em reunião com as entidades representativas.

De acordo com a pesquisa de salários de PMs em início de carreira realizada pela Associação dos Cabos e Soldados, atualmente o policial militar de São Paulo tem o 23º pior do salário do país. Veja AQUI.

Veja também na TV ACS:

Artigos relacionados