CERPM inicia negociações salariais com reunião na Casa Militar

Coronel Helena (Secretária Chefe da Casa Militar) recebe representantes das entidades

Dando início às negociações salariais do ano, o presidente da Coordenadoria das Entidades Representativas da Polícia Militar (CERPM) e da Associação dos Cabos e Soldados (ACS), Cabo Wilson Morais, e representantes das entidades integrantes da Coordenadoria estiveram reunidos com a Secretária Chefe da Casa Militar, coronel Helena dos Santos Reis, na tarde do dia 8 de fevereiro.

Na oportunidade, Cabo  Wilson pediu à Cel Helena que intercedesse junto ao governador Geraldo Alckmin para receber as entidades e tratar da reposição salarial da categoria, que já está há três anos sem reajuste.

Conforme as entidades, a situação dos policiais militares é de miserabilidade. A procura por cestas básicas nas associações aumentaram significativamente, a PMESP ocupa o 18º lugar no ranking de salários da categoria em todo o Brasil, e um levantamento aponta que praticamente 100% dos policiais militares estão em dívida com os bancos.

Atentas às manifestações de descontentamento das Polícias Militares do Espírito Santo (paralisada desde o dia 4 de fevereiro) e de Pernambuco (realizou operação padrão em dezembro de 2016), as entidades demonstraram grande preocupação ao efeito dominó que poderá desencadear em todo o país, principalmente com rumores da possibilidade do Rio de Janeiro também se manifestar.

Muito receptiva e sensibilizada com a situação dos policiais militares, Cel Helena garantiu que levará o problema ao Comandante Geral, coronel Ricardo Gambaroni, para ser estudada uma maneira de repor as perdas salariais da classe, e que irá alinhavar a participação do Comandante na reunião junto ao governador assim que for agendada.

Participaram da reunião Cabo Wilson Morais (presidente da CERPM e da ACS), Antonio Carlos do Amaral Duca (vice-presidente da ACS), Marco Antonio Zanca (presidente da ASSPM), Írio Trindade de Jesus (vice-presidente da ASSPM), Luis Pereira (secretário geral da ASSPM) e Cel Reinaldo Vieira, representando o presidente da AOPM, Cel Salvador Pettinato Neto.

Pedido de reunião com o governador
No dia 17 de novembro de 2016, nos bastidores da Formatura de 2.198 Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo, o presidente da Associação dos Cabos e Soldados (ACS), Cabo Wilson Morais, também presidente da Coordenadoria das Entidades Representativas da PMESP (CERPM), pediu ao governador Geraldo Alckmin que recebesse as entidades da classe Policial Militar para tratar de assuntos de interesse da categoria, principalmente a questão salarial.

Na mesma hora, o governador chamou sua assessora para anotar os contatos do Cabo Wilson e agendar uma reunião com os representantes da classe, mas até o momento, não tivemos nenhum retorno.

Após a reunião com a Secretária Chefe da Casa Militar, Cel Helena, aguardaremos uma data de audiência com o governador, em breve!

Cabo Wilson Morais (presidente da ACS e da CERPM) junto ao presidente da ASSPM, Marco Antônio Zanca, em conversa com o governador Geraldo Alckmin nos bastidores da Formatura de Soldados em novembro/2016

 

Momento em que a assessora do governador anota os contatos do Cabo Wilson para agendar uma reunião

 

Artigos relacionados