Por que a Folha de São Paulo dissemina ódio contra a polícia?

Por que a Folha de São Paulo dissemina ódio contra a polícia?

Nós, da Associação dos Cabos e Soldados (ACS), repudiamos mais uma vez absurdos publicados no jornal Folha de São Paulo. Desta vez, o veículo tem publicado charges que ofendem a todos os policiais militares de São Paulo e policiais de todo o Brasil. Com muita indignação, constatamos que só neste mês de dezembro foram publicadas ao menos quatro charges que mostram retratos de uma Polícia com integrantes ignorantes, violentos e intolerantes com a população, tachando os agentes da segurança como vilões que matam e atacam cidadãos gratuitamente. Esta atitude, vindo…

leia mais

ACS repudia veementemente postura de oficial em postagens feitas no Dia do Soldado

ACS repudia veementemente postura de oficial em postagens feitas no Dia do Soldado

A Associação dos Cabos e Soldados expressa sua total aversão ao conteúdo das postagens divulgadas pelo comandante de tropa 1º Tenente PM Danilo Keity Matsuoka, através de rede social, com mensagens que demonstram claro desrespeito aos seus subordinados em “homenagem” ao Dia do Soldado, comemorado em 25 de agosto. Nossa entidade preza pelos direitos e bem-estar de seu quadro de associados, constituído de Praças e Oficiais, e lastima o extremo desprezo deste oficial quando se refere à maioria dos integrantes da valorosa Polícia Militar, utilizando seu posto hierárquico para ofertar…

leia mais

ACS repudia posição do COSUD de excluir regras gerais de inatividade e pensões de militares da PEC 06/2019

ACS repudia posição do COSUD de excluir regras gerais de inatividade e pensões de militares da PEC 06/2019

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo – ACSPMESP, que representa mais de 60 mil policiais e pensionistas da Polícia Militar do Estado de São Paulo, recebeu com muita indignação a notícia de que sete (07) governadores, inclusive o governador de São Paulo, João Doria, assinaram uma carta no 4º Encontro do Consórcio de Integração Sul e Sudeste – COSUD, realizado no Espírito Santo no dia 24 de agosto, em apoio a vários assuntos, entre eles a defesa da exclusão de regras gerais…

leia mais

NOTA DE REPÚDIO – Quem quer saber da soldado Juliane?

NOTA DE REPÚDIO – Quem quer saber da soldado Juliane?

Estamos diante de mais um episódio lamentável de violência contra um policial militar. A soldado PM Juliane dos Santos Duarte, de 27 anos, que estava desaparecida desde o dia 2 de agosto, quando foi vista pela última vez na comunidade de Paraisópolis, zona sul da capital, foi encontrada morta na noite de 6 de agosto. O que ela estava fazendo em um ambiente não muito apropriado para um agente da segurança? Não importa! O que importa é que ela estava desaparecida e ninguém soube dizer o que aconteceu até encontrarem…

leia mais

NOTA DE REPÚDIO À REDE GLOBO – Programa “Malhação”

NOTA DE REPÚDIO À REDE GLOBO – Programa “Malhação”

Mais uma vez a Rede Globo de televisão desrespeitou a nossa valorosa Polícia Militar! No episódio do dia 30/05/2017 do programa Malhação a emissora ofendeu o trabalho de toda a Corporação exibindo uma situação ofensiva de abordagem policial a dois jovens de etnias diferentes – um descendente afro e uma asiática – tratando-os de forma desrespeitosa e preconceituosa, abusando até de sua autoridade como policial. A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo (ACSPMESP), presidida pelo Cabo Wilson de Oliveira Morais, manifesta sua indignação…

leia mais

NOTA DE REPÚDIO – Vice do conselho de direitos humanos com o PCC

NOTA DE REPÚDIO – Vice do conselho de direitos humanos com o PCC

A Associação dos Cabos e Soldados recebeu com muita indignação a notícia da prisão de advogados e do vice-presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe), Luiz Carlos dos Santos, no dia 22 de novembro de 2016, durante operação da Polícia Civil e Ministério Público de São Paulo para desarticular a célula criminosa do Primeiro Comando da Capital (PCC). O vice-presidente do Condepe é acusado de receber cerca de R$ 130 mil da facção criminosa para fazer “falsas denúncias” nos organismos de proteção dos direitos humanos…

leia mais

NOTA DE REPÚDIO – Enquete do programa da Fátima Bernardes

NOTA DE REPÚDIO – Enquete do programa da Fátima Bernardes

Mais uma vez a Rede Globo presta um desserviço à sociedade expondo uma enquete desnecessária que atingiu diretamente a classe Policial Militar. No dia 17/11/2016, no programa Encontro da apresentadora Fátima Bernardes, foi lançada a enquete “Quem salvar primeiro? Traficante em estado grave ou policial levemente ferido?” que causou indignação dos policiais e simpatizantes da classe que lotaram as redes sociais com manifestações contra esta infeliz pergunta. Por conta da grande repercussão, a apresentadora se pronunciou no programa do dia 22/11, explicando que a questão era sobre ética médica, e…

leia mais