REAJUSTE PM: Entidades se reunirão com o secretário da Segurança Pública amanhã (18/04)

Amanhã, 18 de abril (terça-feira), às 10h, as entidades que compõem a CERPM – Coordenadoria das Entidades Representativas dos Policiais Militares do Estado de São Paulo estarão reunidas com o secretário de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, para tratar da negociação do reajuste salarial da categoria e fazer o acompanhamento da arrecadação do Estado, conforme acordado na última reunião com o governador Geraldo Alckmin, realizada no dia 16 de fevereiro deste ano. O encontro acontecerá na sede da Secretaria da Segurança.

Durante aquela reunião, os representantes da classe solicitaram ao governador um reajuste de 15% a partir de 1º de março de 2017 e mais 15% para 2018, enfatizando que a Polícia Militar de São Paulo está sem reajuste há três anos – último reajuste da categoria foi de 8% em 2014 – e ainda ocupa o 23º lugar no ranking de salários das PMs do país, mesmo sendo reconhecida como a melhor polícia do Brasil.

Na ocasião, Alckmin argumentou que a arrecadação do Estado estava caindo e por isso não seria possível viabilizar nenhum reajustamento salarial no momento, mas se comprometeu em receber novamente as entidades ainda no primeiro semestre para, caso a arrecadação melhorar, avaliar a possibilidade de conceder um reajuste. Até a próxima reunião com o governador, o secretário da Segurança assumiu o compromisso de acompanhar a arrecadação do Estado e discutir em reuniões mensais com as entidades, que também farão o acompanhamento do orçamento estadual.

Participarão da reunião de amanhã o presidente da CERPM, Cabo Wilson Morais, e representantes das 16 entidades que compõem a Coordenadoria.

 

Mais
– Governador recebe entidades para tratar de benefícios aos PMs e diz que reajuste ainda não é possível

Artigos relacionados