Quinquênios e sexta-parte: mais de 16 mil PMs e veteranos já consultaram os valores estimados a receber. Solicitação de pagamento já está nas mãos da Justiça

Caros associados, a maior ação da história da Associação dos Cabos e Soldados está cada vez mais perto de seu vitorioso término. Desde 2008, quando a ACS impetrou, através de Mandado de Segurança, a ação de sexta-parte e recálculo quinquenal em nome de seus associados, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) tentou por diversas vezes que a ação não fosse bem sucedida, mas graças aos esforços de sua entidade de classe e do escritório Negri Advogados Associados, responsável pela ação, nenhuma das tentativas da PGE foram bem sucedidas.

Com todos os recursos esgotados, o Supremo Tribunal Federal (STF) deixou nas mãos da ACS o prosseguimento para definição de prazo para pagamento dos valores junto ao Estado e o início à execução do período atrasado suspenso por liminar; e no dia 02/12 o escritório Negri ingressou com a solicitação na Justiça para que Poder Judiciário determinasse ao Governo do Estado de São Paulo o pagamento, em folha, dos valores atrasados correspondentes ao período suspenso por liminar a contar de out/2012.

Com o processo encaminhado para seu sucesso, a ACS disponibilizou a consulta dos valores estimados que seus associados terão direito a receber através da Área do Associado. Por essa ferramenta também é possível consultar o valor estimado do período de precatórios (2003 a 2008), bem como se a procuração para execução dos valores está assinada (clique aqui para saber como acessá-la). Mais de 16 mil policiais militares ativos e veteranos já fizeram sua consulta para não deixar para a última hora. Consulte você também!

Para mais informações, entre em contato com o Departamento Jurídico da ACS pelos telefones (11) 3871-8126 / 8139 / 8142 / 8143

Artigos relacionados