Projeto prevê isenção de pedágio aos policiais que estiverem se deslocando para o trabalho

Visando amenizar os gastos dos profissionais da segurança pública do estado de São Paulo, foi publicado o Projeto de Lei nº 421/2021, no Diário da Assembleia de 30/06/2021, de autoria do deputado estadual Major Mecca, que prevê a isenção da cobrança de pedágio nas rodovias de SP para estes agentes durante deslocamento para o trabalho, em razão do serviço público.

Muitos profissionais da segurança precisam se deslocar pelas rodovias paulistas para exercerem suas atividades. “A força policial paulista é a mais mal remunerada do país e está com um déficit gigantesco! Pela falta de efetivo, muitos policiais são obrigados a trabalhar em locais (ou mesmo cidades) distantes de onde residem. Além do tempo de deslocamento, gastam o quase nada que recebem com pedágios para ir trabalhar e transporte. Torná-los isentos dos pedágios mais caros do Brasil mitigaria a crise em que vivem“, explica o deputado.

O texto entrará em pauta para recebimento de emendas e depois será analisado pelas Comissões Permanentes da Assembleia Legislativa de SP (Alesp). Se aprovado em Plenário, o projeto contemplará policiais militares, policiais civis, policiais técnico científico, policiais penais e agentes sócio educativo de todo o estado de São Paulo.

Vale lembrar que no dia 01/07/2021 houve reajuste de 8,05% das tarifas de pedágio em uma série de rodovias sob concessão privada no estado de São Paulo; valor que afetará ainda mais a renda familiar destes profissionais.

Leia na íntegra o PL 421/2021 e acompanhe a tramitação clicando aqui.

Fontes: Alesp e UOL

Artigos relacionados