PM DE LUTO – Em 24 horas, três policiais militares são mortos em SP

lutoA Polícia Militar de SP está de luto novamente!

Mais três companheiros policiais são mortos a tiros em menos de 24h na capital e interior de São Paulo, em ocorrências diferentes no dia 12 de julho. Todos eram sargentos, dois deles aposentados, e nenhum suspeito foi preso.

Na manhã de domingo, o PM Edevilson Donizete Máximo, 44, foi morto durante uma tentativa de roubo, na Freguesia do Ó, zona norte da capital, após sair do trabalho na 1ª companhia do 47º Batalhão da PM. Máximo foi abordado por três ladrões, em duas motos, que atiraram ao perceber que a vítima era um policial. Os indivíduos fugiram sem levar nada. O PM foi levado ao Hospital da Cachoeirinha, depois transferido ao Hospital das Clínicas, mas infelizmente não resistiu.

Por volta das 19h, o militar aposentado Lucio Inácio Monteiro, 55, foi morto com ao menos seis tiros, no Jardim das Indústrias, em Jacareí (84 km de São Paulo), quando tentou impedir um roubo no local de seu trabalho, como segurança. Após o crime, o criminoso fugiu levando a pistola de Monteiro, que foi socorrido na Santa Casa de Jacareí, mas faleceu.

Antônio Cavalcante Pereira, 55, policial aposentado da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) foi encontrado baleado no bairro do Lageado, na zona leste, por volta das 22h. Foi levado ao Hospital Santa Marcelina, no Itaim Paulista, mas também não resistiu aos ferimentos.

A ACS lamenta o falecimento desses bravos policiais, vítimas da violência que assombra nosso Estado, e torce para que os culpados sejam encontrados e punidos com a nova Lei!

O Departamento Social da entidade presta condolências e está há disposição das famílias!

Fonte: Folha SP

Artigos relacionados