Nota de Repúdio – Doria desvaloriza veteranos e afirma que somente policiais da ativa terão remuneração adicional em 2022

Nota de Repúdio – Doria desvaloriza veteranos e afirma que somente policiais da ativa terão remuneração adicional em 2022

Mais uma vez o governador João Doria ofendeu os veteranos das polícias de São Paulo durante entrevista ao jornal Brasil Urgente, com o Datena, concedida logo após a manifestação dos representantes dos profissionais da segurança pública, realizada ontem (18/11), próximo ao Palácio do Governo. O governador deixou bem claro o seu desprezo aos veteranos das polícias ao anunciar que somente os policiais da ativa receberão uma remuneração adicional em 2022, insinuando que apenas os que trabalham são merecedores. Essa é a segunda vez que o governador desvaloriza nossos veteranos abertamente….

leia mais

NOTA DE REPÚDIO – Na calada da noite, Câmara aprova a inclusão da quarentena eleitoral para policiais, militares e juízes no Código Eleitoral

NOTA DE REPÚDIO – Na calada da noite, Câmara aprova a inclusão da quarentena eleitoral para policiais, militares e juízes no Código Eleitoral

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo (ACSPMES) repudia o retorno da quarentena eleitoral para policiais, militares e juízes no novo texto do Código Eleitoral, aprovado na madrugada de 16/09. Abaixo, veja nota de repúdio da entidade. Clique para ver como cada deputado votou. Saiba mais sobre a aprovação do texto do novo Código Eleitoral que será apreciado pelo Senado. Fonte: Agência Câmara de Notícias Wilson de Oliveira Morais – Cabo PM– Presidente da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do…

leia mais

Nota de repúdio – Falecimento do soldado Leandro Martins Patrocínio

Nota de repúdio – Falecimento do soldado Leandro Martins Patrocínio

É com imensa tristeza e sentimento de insegurança e injustiça que a Associação dos Cabos e Soldados lamenta a morte do soldado Leandro Martins Patrocínio. O agente de segurança estava desaparecido desde 29 de maio e seu falecimento foi confirmado pela Polícia Civil no último domingo (06/05), após encontrarem o corpo do policial enterrado na comunidade de Heliópolis. Apesar do caso ainda estar sob investigação para os esclarecimentos de todo o ocorrido, as características do homicídio indicam o triste fato de Leandro ter sido morto apenas pelo fato de que…

leia mais

Repúdio à jornalista Daniela Lima, da CNN, sobre ação da Polícia Civil do RJ

Repúdio à jornalista Daniela Lima, da CNN, sobre ação da Polícia Civil do RJ

Uma infeliz realidade se repete: mais uma vez a polícia é alvo de discurso de ódio, baseado em uma visão limitada a respeito do seu difícil trabalho. Após uma ação da Polícia Civil do Rio de Janeiro, fruto de 10 meses de investigação, na favela do Jacarezinho, a jornalista Daniela Lima, do CNN 360°, sem qualquer fundamento técnico sobre ações policiais, proferiu palavras, no mínimo, lamentáveis a respeito da ação realizada. Em seu discurso durante a apresentação do jornal, além de condenar a polícia pelo número de suspeitos mortos (27),…

leia mais

Repúdio à morte do PM Wesley Soares Góes, da Bahia

Repúdio à morte do PM Wesley Soares Góes, da Bahia

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo (ACSPMESP) vem a público repudiar a conduta do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) da Polícia Militar da Bahia (PMBA) no caso do policial militar Wesley Soares Góes, lotado na 72ª Companhia Independente de Polícia Militar (72ª CIPM) de Itacaré que, no domingo (28/03), foi até o Farol da Barra, em Salvador, e passou a efetuar disparos para o alto, apresentando surtos psicóticos. Os procedimentos adotados pela equipe do BOPE na tentativa de conter a ação…

leia mais

NOTA DE REPÚDIO – Promulgação da PEC Emergencial 186/19 com prejuízos aos policiais militares e servidores

NOTA DE REPÚDIO – Promulgação da PEC Emergencial 186/19 com prejuízos aos policiais militares e servidores

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo (ACSPMESP), presidida por Cabo Wilson Morais, que representa mais de 50 mil associados e suas famílias, lamenta e repudia o tratamento dado aos policiais militares, especialmente, com a promulgação da PEC Emergencial 186/19 pelo Congresso Nacional no dia 15/03/2021, transformada na Emenda Constitucional 109/21, que garante a volta do auxílio emergencial à população vulnerável afetada pela pandemia, mas em contrapartida cria uma série de restrições no controle de despesas com o funcionalismo público, o que inclui…

leia mais

ACS presta solidariedade ao Ten Cel Souza, vítima de racismo durante curso virtual da USP, e repudia ato criminoso

ACS presta solidariedade ao Ten Cel Souza, vítima de  racismo durante curso virtual da USP, e repudia ato criminoso

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo (ACSPMESP), presidida por Cabo Wilson Morais, presta solidariedade ao Ten Cel PM Evanilson de Souza pelos ataques racistas que sofreu durante participação em curso virtual promovido pela Universidade de São Paulo (USP), no dia 09/02/2021. Ten Cel Souza, que é comandante do 11º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M), foi convidado a participar do curso justamente por ser membro do grupo revisor do Manual de Direitos Humanos da PMESP e uma das lideranças no combate ao…

leia mais

Nota de repúdio

Nota de repúdio

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo (ACSPMESP) tomou conhecimento de uma pintura comissionada para o projeto ‘Histórias da dança’, em exposição no Museu de Arte de São Paulo (MASP), que tem em seu conteúdo o desenho de um policial militar dançando balé com um membro do PCC (Primeiro Comando da Capital). A entidade, apesar de respeitar e incentivar representações artísticas, lamenta e repudia que a imagem de um policial militar tenha sido usada dessa maneira, em um ato tão íntimo e consensual…

leia mais

Nota – ACS repudia reportagem que desrespeita e fere a imagem Rota

Nota – ACS repudia reportagem que desrespeita e fere a imagem Rota

A Polícia Militar do Estado de São Paulo foi, mais uma vez, alvo da mídia parcial que, infelizmente, atua apenas para servir aos seus próprios interesses. No dia 15 de outubro, data em que a gloriosa Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) completou 50 anos de sua existência, o veículo “Ponte Jornalismo” publicou uma reportagem que, propositalmente, fere a imagem e ataca os policiais militares que ali atuam. Com o título “Rota, 50 anos de matança”, o veículo vergonhosamente descaracteriza a real função dos PMs do Batalhão, que é o…

leia mais

ACS repudia proibição do uso de “mata-leão”

ACS repudia proibição do uso de “mata-leão”

Mais uma vez o Governo do Estado de São Paulo prestou um desserviço aos policiais militares. No dia 31 de julho a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que os PMs do Estado estão proibidos de usar o recurso conhecido pelo nome “mata-leão” como procedimento nas imobilizações em abordagens ou ocorrências que necessitem do uso de força física dos agentes de segurança. Tal decisão do órgão, além de ser irresponsável, por colocar a vida dos PMs em risco, inverte a posição de vantagem em casos de resistência ou tentativas de…

leia mais