ACS presente na audiência pública sobre melhorias para a segurança pública

Representantes das Associações e Sindicatos das Polícias Militar, Civil, Técnico-Científica e Penal reunidas
Deputado estadual Major Mecca à frente da audiência

Na tarde de 30 de setembro, por iniciativa do deputado estadual Major Mecca, foi realizada audiência pública com representantes das Associações e Sindicatos das Polícias Militar, Civil, Técnico-Científica e Penal do Estado de SP em prol do reajuste salarial para as polícias.

Realizado no Plenário Franco Montoro da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), com o tema ‘Melhorias para a segurança pública’, o encontro reuniu os representantes das polícias para debater estratégias e os próximos passos a serem tomados para cobrar melhor remuneração às melhores polícias do país, conforme promessa feita pelo governador João Doria desde o início de seu mandato, em 2019.

O vice-presidente da Associação dos Cabos e Soldados (ACS), Antonio Carlos do Amaral Duca, representando o presidente Cabo Wilson Morais, em seu pronunciamento manifestou o descontentamento da família policial militar com o atual governo, que não valoriza nem reconhece o trabalho dos integrantes da corporação. “Nosso salário é vergonhoso! Na entidade vemos o número de doações de cestas básicas aumentarem, o número de policiais que vão pedir ajuda e verificamos a grande necessidade que os policiais estão passando. Infelizmente, nenhuma promessa de governo foi cumprida a favor das polícias“, afirma Duca.

Na oportunidade, o vice-presidente da ACS defendeu manifestações ordeiras e também o uso de diversas formas de divulgação, com ajuda da grande mídia, para propagar a real situação das polícias e a promessa do governador à categoria. Lembrou a última grande manifestação da classe, em setembro de 2019, contra o governo, que reuniu milhares de inativos e pensionistas na Praça da Sé e que teve muita repercussão na grande mídia.

Duca também deixou claro que a ACS já tomou uma iniciativa e cobrou uma resposta do governador sobre sua promessa de fazer a polícia de São Paulo a segunda mais bem remunerada do país, via ofício, protocolado no dia 24/09/2021; além de ofícios ao secretário da Segurança Pública e ao Comandante Geral da PMESP para intercederam sobre o assunto junto ao governo. Por fim, deixou a entidade à disposição para as próximas reuniões das entidades para finalizar as estratégias do movimento.

Estiveram presentes na audiência pública representantes de todas as Associações e Sindicatos da Força Policial de São Paulo e os deputados estaduais Major Mecca (que organizou a reunião), Conte Lopes, Sargento Neri e Gil Diniz. A ACS marcou presença com o vice-presidente, Antonio Carlos do Amaral Duca; com o diretor de Comunicação Social, Ronaldo Carlos Scheibel; o relator do Conselho Fiscal, João Carlos Franco; o assessor da presidência do Conselho Fiscal, Valter Luis Dreger; e com os sócios-convocados Milton Rodrigues de Souza e Laércio Rodrigues Damasceno.

Próximo encontro das entidades em prol do reajuste para as polícias: 07/10/2021, na sede central da Associação dos Cabos e Soldados, na Barra Funda. Reunião somente para representantes das Associações e Sindicatos das polícias.

Antonio Carlos do Amaral Duca, vice-presidente da ACS, durante audiência

Fotos: Divulgação do deputado estadual Major Mecca

Artigos relacionados