ACS no 3º ato da Campanha Unificada de Reajuste Salarial às Polícias de SP

Mais uma vez, as entidades representativas das polícias Militar, Civil, Técnico-Científica e Penal mostraram à sociedade o descontentamento dos profissionais da segurança com o total descaso do governador João Doria para com a família policial. O 3º ato da Campanha Unificada de Reajuste Salarial às Polícias de SP foi realizada na manhã desta quinta-feira, 18/11, no bairro do Morumbi, bem próximo ao Palácio dos Bandeirantes.

O deputado estadual Major Mecca, idealizador da Campanha Unificada, junto com as associações e sindicatos das polícias, cobrou uma recepção do governador para ouvir as demandas dos representantes dos profissionais da segurança pública, mas não foram atendidos. Como ocorreu na manifestação anterior, realizada no dia 27/10, os manifestantes não conseguiram chegar até a frente do Palácio devido à barreira policial montada nos arredores para evitar a aproximação.

O presidente da Associação dos Cabos e Soldados (ACS), Cabo Wilson Morais, enfatizou que deve-se cobrar a promessa do governador de fazer a polícia de SP, a melhor polícia do país, a segunda mais bem paga do Brasil. “O governador e o secretário da Segurança precisam receber a gente. O governador recebe todo mundo, e nós, que fazemos a segurança da sociedade, que faz o juramento de defender a sociedade com o sacrifício da própria vida, o governador não recebe. Por que? Estamos ordeiramente pedindo que o governador apenas cumpra o que prometeu.”

Vale lembrar que, em setembro, a ACS cobrou a promessa de João Doria com envio de ofício ao próprio governador e também ao secretário de Segurança Pública, General João Camilo Pires de Campos e ao comandante geral da Polícia Militar, Cel PM Fernando Alencar Medeiros, solicitando intercessão sobre o assunto.

A ACS marcou presença na manifestação com o presidente Cabo Wilson, diretores da Executiva, Conselho Fiscal, Regionais e Núcleos Representativos e mais dois ônibus com associados.

A Campanha Unificada de Reajuste Salarial às Polícias de SP teve início no dia 15 de outubro e vai até dezembro, com objetivo de pressionar o governador João Doria a cumprir sua promessa até o final de seu mandato, que termina em 2022.

Se você é a favor da valorização dos profissionais da segurança de SP, apoie esta campanha assinando o abaixo-assinado em favor do reajuste aos policiais. Assine já o abaixo-assinado clicando aqui!

Assista ao vídeo da manifestação de hoje (18/11) clicando aqui.

Veja repercussão na mídia:
G1 – Globo
Brasil Urgente com Datena – Band (a partir de 25:42)
Rádio Bandeirantes

Cabo Wilson em entrevista à Band
Família ACS presente na luta

Artigos relacionados